segunda-feira, 7 de abril de 2014

Sobre momentos deliciosos

Antes do meu relato gostaria de dar um recadinho para a galera que tem tentado contratar o meu chat: Estou tendo problemas com minha conta do PagSeguro, então no momento quem quiser brincar comigo pela Webcam deverá realizar o pagamento via depósito. Para maiores informações emails para historiasdapinuptatuada@live.com. BOA LEITURA!!

Uma transa gostosa que vivi em minha vida não virou conto, nos dias que se seguiram tive problemas pessoais que se arrastaram e impediram-me de escrever no calor do momento. 
A lembrança mais gostosa que tenho dele é de vê-lo nu em minha frente se deliciando com meus pés, a podolatria quando feita realmente com tesão me excita de um modo muito pessoal. Há uns 5 anos quando ele ainda tinha em torno de 15 outonos já me queria.
_ Quando fizer dezoito a gente faz alguma coisa...
Eu dizia e ria, vontade não me faltava, entretanto onde iriamos? Não tinha mesmo jeito, tivemos que esperar.
Então muito tempo depois numa noite nos encontramos no centro da cidade, compramos algumas cervejas e procuramos um hotel barato. Finalmente daria à ele o que tanto queria, sem falsa modéstia e no mais confesso que eu também, nas vinte quatro horas que antecederam nosso encontro nem me masturbei para não gastar meus desejos, guardei só para ele, entretanto dentro do quarto mesmo tesuda, mesmo com o grelo quente e duro com a situação adolesci nos primeiros pelo menos trinta minutos. Bebi cerveja, fumei do verde, fumei cigarro e tagarelei feito um papagaio bem treinado enquanto ele foi tirando lentamente a armadura, primeiro as botas e depois a calça justa.
_ Pode continuar, to tirando só para ficar mais à vontade...
Sexy de camiseta e cueca ambas pretas, a boca vermelha dessas que pedem beijos buceta e tudo, dessas que merecem uns bons peitões para chupar, pés para lamber e mais beijos nela. Fui derretendo... e então pedi licença e fui ao banheiro e voltei apenas de calcinha e sutiã, passou a crise de bobeira, estava pronta e sem medo de decepcionar já que eram obvias as expectativas.
_ Agora sim...
Respondi esfregando minha perna nas suas, alcançando o pau de levinho, dando o primeiro beijo...
Ah esses beijos que se encaixam...
Me deixam puta, sacana, entregue, mais fêmea que o normal e daí em diante perdi o controle, não sei dizer a sequencia dos fatos, mas sei que o chupei e ele me chupou dos pés à xoxota me fazendo gemer e teimar em não fechar os olhos, queria ver tudo, acompanhar cada cena como num filme porque... ele é um cara bom de se apreciar,um menino bom de se ver e se ter entre as coxas, sabe como tocar uma mulher, como penetrá-la.
_ Me fode...
Senti aquele pau cor de rosa me possuindo, estocou tão delicioso, fodeu de verdade como eu pedi por cima, por trás comigo de quatro bem empinada pedindo pica, me comeu toda, rabo e buceta e até fotografou para gente ver. A humilde escritora suja que vos fala já havia gozado só com as lambidinhas nos pés, e bem safada deixou a xana mordiscar feito um bicho aquele caralho e gozou novamente, pouco depois ele também gozou, era apenas a primeira trepada.
O ventilador barulhento não foi capaz de aplacar o calor e suamos o suor dos justos realizados.

sábado, 15 de março de 2014

Os chats eróticos da Pin-up Tatuada voltaram!

Gente hoje estou aqui para avisar que após receber alguns pedidos de retorno através de meu Email decidi retomar meus chats eróticos, vamos brincar na Webcam!
Você que mora longe, você que é meu fã, você que por forças maiores não pode estar ao meu lado
ou que simplesmente curte uma safadeza gostosa virtual, você voyeur...já pode curtir momentos de intimidade comigo através do chat de sua escolha.
Venha se divertir comigo e mostrar o tamanho do seu tesão por mim, eu vou adorar!
Conheça as 5 opções no site: http://pinuptatuada.loja2.com.br/
Por lá mesmo você poderá agendar, obter todas informações e ainda solicitar uma foto com dedicatória.
http://pinuptatuada.loja2.com.br/
 Pagamentos via depósito bancário para negociações via Email e em breve via PagSeguro.
Te espero lá, na minha Webcam.
Beijos carinhosos e aproveite o blog.

sexta-feira, 7 de março de 2014

Carnaval na casa de um amigo

Se tem uma coisa que gosto é de conhecer a casa alheia, motel é gostoso, rola aquele glamour, tem a hidromassagem e talz... mas é tão impessoal.
_ Estou tímida...
_ Por que?
Perguntou e já começou a me pegar no sofá da sala. Seus pais haviam viajado e então sendo eu uma balzaquiana pude viver de novo aquela sensação de aventura adolescente, aliás com esse amigo vivo quase sempre isso, são trepadas em motel após contar moedinhas e me levar com carro emprestado, sexo no fundo da minha casa e agora... na dele na ausência da família.
Como diria minha avó: Os gatos saem e os ratos passeiam no fogão.
Respondi sua pergunta:
_ Ah sei lá... sua casa...
Sempre ocorre assim naturalmente, beijos safados que me interrompem a fala (falo de mais admito aqui entre a gente) e seu cacete duro em minhas mãos, uma pica na qual se pode pegar com firmeza. Gosto de manusear seu caralho, de movê-lo, coloca-lo para tremer... e pronto! Numa fração de segundos já estava com ele em minha boca, livre e entregue para que o chupasse como bem entendesse.
_ Isso deixa ele bem babado vai...
_ Adoro esse pau...
Para beijar, para sugar, para morder assim bem de leve... para engolir até as bolas.
Chupou minha buceta com toda fúria.
_ Espere vou vestir minha fantasia.
Com o gosto de seu pau em meus lábios retoquei minha maquiagem, acertei o batom e vesti uma fantasia que equivocada comprei há algum tempo, pensei que fosse de felina, mas confundi sei lá como onça com dálmata e no fim acabei vestidinha de cachorra.
Fiz uma foto para o facebook muito muito discreta e voltei para ele.
_ Nossa...
Pela expressão acho que gostou. Já baixei sua samba-canção, me esfreguei  e voltei para mamada.
_ Gostosa, tesuda...
_ Delicia...
Me pediu um 69, disse que adorava.
_ Gostoso...
Ele me deixa assanhada, rebolei meu rabo em sua cara, deixei o grelo pulsar e gozei a primeira gozada da noite.  
_ Me come.
Entre uma cerveja barata e outra o desejo crescia, carnaval festa da carne... encontramos uma forma bem gostosa de celebrar as nossas que suavam.
Entrou como um caminhão dentro de um fiat 147, adoro quando me pega de quatro, é tão bom o modo como se aloja, sinto cada cm daquela pica grossa...
Realmente a maldade está nos olhos de quem vê e não vejo qualquer coisa de assombrosa no sexo, apenas beleza e satisfação.
_Quem é minha cachorrinha, hein? Quem é?
Só a vida explodindo em mim.
_ Eu... sou eu sua cachorrinha.
Me empinei e há cada estocada sua o prazer vinha em dobro.
_ Quer cavalgar um pouco?
_ Quero... está cansado?
_ Um pouco...
Rimos, a gente dá risada de muitas coisas. O montei e cavalguei de costas para ele.
_ Come sua putinha, come...
Nos viramos e assim por cima bem gostosinho ele me comeu, há essa altura já havia arrancado a fantasia permanecendo apenas com a tiara de orelhinhas, não resistiu e me encheu de tapas.
_ Desculpa!
_ Calma... assim tá gostoso.
E aí... de quatro uma vez  mais ele me labuzou com óleo de bronzear e invadiu meu cuzinho lentamente, a dor... quando acompanhada do prazer é deliciosa.
_ Tá gostando?
_ Estou, dá para sentir as preguinhas dele se abrindo, cuzinho apertadinho...
Não sei explicar como isso acontece, mas gozo com sexo anal, sempre gostei dês de menina, na verdade acho que sempre gostei daquilo que a maioria das pessoas negam que gostam.
Bombou tão gostoso que cansou as pernas, então novamente sobre ele cavalguei só que de frente.
_ Putinha!
_ Isso come... come sua puta...
_ O que você quer hein?
_ Quero porra...
_ Onde?
_ Na boca, na cara...
_ Então vou te dar bastante leitinho...
Bateu uma punheta bem perto da minha cara e as vezes me dava o pau para chupar.
_ Toma...
O primeiro jato veio direto na boca mesmo a certa distância e os outros nos seios e sobre a minha maquiagem borrada feito a de uma puta junkie vagabunda.
Toda mulher precisa se sentir assim as vezes: VAGABUNDA.
_ Quer mais cerveja?
E por que não?
Fomos beber ao ar livre e fizemos uma pausa de poucos minutos enquanto queimamos uma pontinha de um verdinho bom.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Uma deliciosa amizade.

Sexo entre amigos... é o maior barato.
Hoje ELE (o amigo) e eu combinamos de ficar em casa queimando um fininho, jogando conversa fora e bebendo uma cidra ruim daquelas que todos ganham no final de ano naquelas deprimentes cestas de natal. Programa de quarta feira, nada de mais.
_ Esse shortinho da senhorita...
Pois é quando se tem desejo e uma certa intimidade da nisso, tudo vira tesão. Notei que ELE não tirava os olhos de minha bunda e de minhas pernas, nem precisava ter comentado.
_ Gostou?
Obvio que havia gostado, começou a roçar minhas coxas com as suas, me puxando pelo olhar, reacendendo em mim a safadeza que passei três meses tentando apagar.
_ A senhorita tá muito tesuda, né?
Sim, tenho andado cheia de fogo, necessitando ser um pouco puta, carente dessa espécie de emoção.
Como uma gata nada arisca eu me aproximei.
_ Estou sim, quando estivermos sozinhos vai ficar com o pau bem duro para mim?
_ Vou sim, igual já estou.
Passei a mão por cima da bermuda e apertei a rola, estava rígida realmente o que me deixou com a buceta molhada.
_ Safado...
Me sentei em seu colo e comecei a esfregar o rabo em seu caralho.
_ Simpatia gostosa...
Senti os pelos de sua barba deslizarem por minha pele. Seus lábios em minhas costas arrepiaram meu corpo todo e incendiaram meu grelo, uma sensação maravilhosa tomou conta de mim, coração deliciosamente aos trancos, era a vida se manifestando e falando comigo, voltando a me dar confiança, com uma estonteante gargalhada. Maquiavélica é essa velha senhora de todas as coisas.
_ Senta aqui Simpatia, a senhorita está inquieta...
Desconfiado um vizinho começou a nos observar sem muita reserva e embora eu curta exibicionismo nesse caso o voyeur foi inconveniente, me assustou.  ELE e eu sentados então no sofá rasgado abrigo de ratos da minha varanda disfarçadamente voltamos para o ponto de partida: O despertar das sensações.
Afaguei seu caralho, meti a mão para dentro da bermuda e mordi seu pescoço, sua orelha, falei o que me deu vontade:
_ To louca para chupar seu pauzão...
Neca odara... bonita, robusta, um cacete para ninguém botar defeito, O CACETE... do tipo que tem vida própria, exuberância, que parece que flerta, te olha e fala:
_ Vou te comer muito sua cachorra gostosa, ser sua chupeta de putinha, calar sua xota... vou te comer com pegada.
Membro hipnotizante...  e o amigo?
Praticamente um irmão, com quem cometo incesto. É divertido olhar isso por esse ângulo, imaginar essa hipótese, excitante, não acham?
_ Tá sem calcinha né safadinha? Merece levar muita pica, viu? Muita pica...
Delicia, invadiu com a mão o meu short e dedilhou minha xota, enroscou levemente os dedos ansiosos em meus pelos negros, abri as pernas um pouco e logo Ele pode sentir meu calor, estocadas manuais e  provocativas sentidas, estava quente e úmida como uma ostra ao Sol.
_ Seu puto... não vejo a hora de estarmos a sós num motel para você me foder gostoso...
_ A senhorita tá muito putinha, muito tesuda...
_ Quero chupar esse pau.
_ Quer tomar leitinho, quer?
_ Uhum, na cara, ficar toda lambuzada.
As provocações duraram alguns minutos, até que não resisti.
_ Vem!
Me levantei e segui rumo ao Éden meu jardim silvestre onde o esperei.
Quando Ele chegou, se acomodou num sofá menos medonho do que o outro e sacou o caralho para fora. Estava tão grande, grosso e convidativo, estava pronto...
Ajoelhada comecei a lamber aquele membro, chupei inicialmente só a cabeçorra de um jeito bem molhado e punhetei bem de leve, o momento era de reconhecer o território que logo reconhecido passou a ser explorado. Abocanhei a pica e comecei a chupar bem gulosa, engolindo todo, me engasgando... que saudade de uma mamada assim sem frescura, uma mamada espontânea.
_ Isso, bate punheta vai...
Soquei uma gostosa para ele com a rola lambuzada de saliva e tesão, meti na boca de novo, esfreguei o cacete na cara.  Foi uma chupada com categoria, uma chupadona.
_ Vou gozar...
Por pouco não esporrou em meu cabelo, tomei uma bela jorrada na cara, o primeiro jato direto na boca igualzinho assistimos nos filmes pornôs. Que porra gostosa.
_ Vou pegar algo para gente se limpar.
Peguei uma toalha no varal e limpei o meu rosto, depois passei para ele, mas nem se sujou, acho que dei conta da gozada direitinho, foi como uma chuva refrescante de verão.
No corredor... à caminho da varanda meu amigo me masturbou e ficou novamente de pau duro.
_ Já?!
Rimos, conversamos e logo veio meu fogo.
_ Quero esse pau na minha buceta, quero nem que seja só um golinho, só um pouco...
_ Também quero Senhorita Simpatia.
Corri para o Éden com a xana pulsando. Arranquei o meu short e me debrucei em baixo da parreira de maracujás toda florida, eu empinei o meu rabo e Ele entendeu o recado.
_ O que a minha putinha quer, hein?
_ Quero rola.
Sussurrei e senti sua pica forçar a entrada em meu corpo. Embora estivesse molhada eu me fecho e sinto-me virginal, ela é sempre apertada e é preciso que se bata na porta algumas vezes antes de entrar com tudo.
_Quem é minha putinha, hein?
_ Eu...
Estocadas fortes, buceta pingando tesão, puxava seu corpo contra o meu, queria mesmo tomar rola até doer.
_ Você tá muito cadelinha, merecendo levar muita pica mesmo... rebola na minha rola vai...
Rebolei, gemi e gozei a primeira vez.
_ Ai que gostoso... estou gozando...
Meteu mais um pouco e logo veio o segundo.
_ Estou gozando de novo, seu puto...
Gosta de ser xingado.
As luzes do fundo da casa ao lado se acenderam, acho que por mais que eu tenha tentado gemer baixinho e sussurrar ao invés de gritar não obtive exito, certamente outro vizinho curioso se atentou a nós, escutou nossa foda gostosa.
Saímos do Éden e Ele ainda insatisfeito queria mais.
Aguardamos um novo encontro entre amigos, aguardamos.

SIGA O BLOG PARA RECEBER NOVIDADES e DEIXE SEU COMENTÁRIO.
Emails para: historiasdapinuptatuada@live.com


Em fevereiro retornam meus shows na Webcam, aguardem.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Retomada

Há vezes em que é necessária a ausência para que haja a saudade
é preciso um pouco de juízo para retomar as loucuras
uma certa dose de fé para ceder aos pecados...
Eu me afastei de meu blog, das redes sociais adultas, dos fãs, dos leitores, do homem alheio, de meu alter ego...
e me vi completamente nua.
Então voltei, muito mais adulta, mais discreta porque o anonimato em algumas situações é uma benção afinal nem todo mundo respeita suas escolhas, mais pé no chão.
Vivo... o que quem não vive sonha viver, fantasia... e não tem coragem.
Conto... pelo amor a escrita, carinho ao meu público e a satisfação de ser amada por ele. Conto porque me faz bem e ponto.
Obrigada à todos que esperaram ansiosos por meu retorno, seus emails e mensagens foram fundamentais na decisão que ocasionou minha volta. Logo logo teremos uma história nova, prometo.
Viva a liberdade e o prazer.

SIGA O BLOG PARA RECEBER NOVIDADES.
Emails para: historiasdapinuptatuada@live.com
Em fevereiro retornam meus shows na Webcam, aguardem.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

A Aventura completa 2 anos.

Pessoal no dia 09 de outubro o Histórias da Pin-up Tatuada completará 2 aninhos, ainda é uma criança levada cheia de aventuras e relatos para mostrar, parabéns para gente!
Quero agradecer à cada um que seja como leitor ou personagem fez parte disso e com que o blog se mantivesse vivo até hoje e querido por muitas pessoas, muito obrigada de coração.
Nas próximas semanas ficarei um pouco afastada (mereço férias, não acham?rss), mas não me ausentarei de vocês, estarei online quase todos os dias em diferentes horários no site Câmera Love para brincarmos virtualmente e nos conhecermos melhor, estou gostando muito de trabalhar lá. Também me dedicarei a viver novas histórias nessa fase (candidatos Emails para o historiasdapinuptatuada@live.com com foto) e a minha carreira de escritora e artista plástica.
Se sentirei saudades? MUITAS! E espero que sintam também.
Beijos e mais uma vez obrigada pelo carinho que recebemos meu blog e eu, sem vocês nada disso faria sentido.
Visitem: http://www.cameralove.com.br/Pinzinha-BBW
Siga no twitter: @PinupTatuada



quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Amizade Tesuda - Parte 1ª

Sem blitz, ufa... já não era sem tempo. Saiu do carro e vi que vestia uma camiseta com desenhos coloridos trazida de uma de suas viagens, nos abraçamos.
_ Finalmente...
Já nem sei quem disse isso se foi eu, ou se foi ele, mas o fato é que nos conhecemos virtualmente há pelos menos 2 anos, começamos numa rede social adulta, depois pulamos para o extinto msn... 
_ Quero essa sua rolona...
Eu lhe disse tantas vezes isso em meio a confidencias daquelas que só fazemos para amigos verdadeiros nos quais confiamos e nos tornamos isso, grandes amigos, porém quando existe tesão a amizade fica mais gostosa. 
De pernas bem à mostra me sentei ao seu lado no automóvel e logo que saímos comecei a sentir o roçar de sua mão por elas, primeiro veio o beijo e depois dele tudo ficou mais solto, fui me dando mais safada, ficando mais abertinha, me perdendo nos assuntos até que enfim chegamos ao motel.
_ Posso pegar uma cerveja?
Bukowski morreria de orgulho ao ver-me beber o liquido loiro mesmo desesperada para cair na pica grossa e meu amigo negão professor safado respondeu-me que sim, estava tarado, encantado, consigo notar essas coisas, eu sinto literalmente o cheiro da lubrificação do caralho feito um animal, uma cachorra perdigueira e senti o seu, estava bom. 
Encostada ao lado da pia comecei a beber calmamente, durante o diálogo ele sacou a câmera fotográfica e começou a fazer muitas fotos, pediu para ser provocado sem necessariamente ter pedido realmente algo. Adoro posar... então comecei fazendo caras e bocas, mil bicos, dez mil olhares, tirei os seios para fora, balancei... e o macho não resistiu mamando gostoso em meus mamilos, apertando as tetas e chupando...
_ Vou ligar o flash...
Fiquei de costas e arrebitei a bunda, fotografou, mas também me agarrou e apertou o cacete contra meu rabo, contra minha xota umedecendo-a com o calor do seu membro e assim fomos nos locomovendo, uma dança erótica sem qualquer melodia se não os suspiros, sem canção, apenas respirações ofegantes, logo estava eu na cama libertando-o de sua cueca amarela, só de lembrar sinto água na boca, abocanhei cheia de tesão...

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

DP


São dois paus
compartilhando o mesmo corpo
que disrítmicos dançam em salões apertados,
pois ritmados seriam patéticos movimentos ensaiados
e não estamos falando de valsa
isso é rock'n roll.
Gosto...
de ser palco desse show tão interpessoal,
o reboliço dentro de mim eclodi
quatro mãos agarradas às minhas ancas
é inevitável rebolar insaciável
ainda que...
plenamente saciada,
sempre quero mais,
quero bis...
Você já foi devorada por dois homens?
Ou talvez três,
ou quatro?
Quem sabe...
até mais?
Algumas mulheres são apaixonadas por pica,
pelo cheiro de macho
e principalmente pelo desejo que lhes causa.
Algumas...



segunda-feira, 2 de setembro de 2013

A Saideira

Perdi a conta de quantas fodas foram, é serio, não que considere números sinônimo de qualidade, mas o encontro como um todo foi sensacional.
_ Tira uma foto minha com seu skate?
Peguei a câmera e passei para as mãos dele, já era quase hora de irmos embora, trepamos muito a noite toda, saímos pelas ruas na madrugada... fim de encontro, uma pose então, um click, empinei meu rabo.
_  Ficou muito de perto, vamos outra.
Tirou uma, duas, três e ficou novamente de pau duro, gosta do meu batom vermelho e das coisas que minha boca faz.
_ Vem aqui me chupar mais um pouco, vem.
Fui e sem pressa nós começamos a brincar de novo, o caralho macio e ao mesmo tempo tão duro batendo na língua, a cabeçorra beijada com volúpia...
_ Quero te comer mais um pouco.
_ Vem.
Colocou a camisinha e me pegou forte de quatro, pedi para meter de lado, gritei, gemi e vi então a janela do quarto vizinho meio aberta, poderiam nos ver e escutar a nossa safadeza gostosa.
_ Vamos para janela.
Era dia, linda manhã de Sol, do alto víamos a torre da igreja e as ruelas da pequena cidade. Fiquei subindo e descendo sobre a pica, rebolando e excitada com a possibilidade de estarmos sendo vistos de diferentes ângulos. Gozei.
_ Putinha vem aqui tomar mais porra, vem.
Gozou as ultimas gotas que lhe restaram, saboroso... e fomos tomar cerveja na praça.

Gostou do conto? Então não deixe de enviar seu comentário, o que move o artista são os aplausos!
Contato através do Email: historiasdapinuptatuada@live.com 
Twitter: @PinupTatuada
Você também encontra minhas fotos no Sexlog, cadastre-se para visualizar: https://sexlog.com/a/pinuptatuada

sábado, 24 de agosto de 2013

No Hotel Central com Negro Casual


Cheguei ao hotel central apreensiva, ansiosa e excitada.
_ Demorei?
_ Não...
Foi ironico, demorei para caralho.
_ Desculpa...
Entrei no quarto 24, trata-se de um cômodo apertado e gostei do que achei por lá,  vi um macho lindo de beleza exótica bem à vontade que me recebeu de camiseta e samba-canção, curtindo um som, tomando cerveja, queimando incenso e erva com seu skate a tira colo. O tesudo apertou minha bunda assim que cruzei a porta o que de algum modo já me fez querer cruzar com ele feito uma cachorra. Ousadia deliciosa a dele, fez minha buceta queimar.
_ Vou ao banheiro, espere.
Voltei só de jaqueta e calcinha, entrei no clima da gozolandia e nessa acendi meu cigarro, brindamos à noite e compartilhamos pensamentos verdes e fumaça.
_ Nossa, como que você é bonita...
Encostada na janela eu sorri cheia de fogo e me aproximei como quem não quer nada, mas que sabe que pode tudo e subi em seu colo na beirada da cama, com minhas pernas o envolvi e nos beijamos. Caminhei com meus dedos até encontrar sua neca escapando pela lateral da cueca e segurei a pica dura enquanto com a outra mão apalpei uma de suas coxas.
_ Que pernão que você tem...
Exclamei maravilhada, a cada toque, cada esfregar de barba em meu pescoço, cada elogio...
_ Que corpo gostoso você tem e esse seu cabelo...
Fizeram meu grelo piscar e o corpo falar, fui me deitando e senti a pressão da rolona preta sobre minha calcinha de renda branca.
_ Chupa meu pau, vem...
Passou horas observando uma de minhas fotos numa rede social para adultos onde estou mamando um caralho afro, chegou a dizer que não cansava de olhar a imagem imaginando ser ele, batia punheta e tudo... como é bom realizar sonhos, me sinto como uma Jeannie é o Gênio meio puta com centenas de possibilidades de prazer e realizações em minha lampada mágica, basta esfregar com vontade até esquenta-la, faze-la ferver.
_ Delicia de rola...
Delicia mesmo, é daquelas que mal cabe na boca, mas que a gula me faz levar à garganta até engasgar e babar feito um bebezinho de colo. Primeiro fiz olhando em seus olhos, alternando entre lambidas, chupadas e risinhos.
_ Era esse... o olhar e o sorrisinho que eu queria ganhar...
Engoli varias vezes o cacete.
_ Isso... chupa vadia... vira aqui para mim para eu te chupar um pouco também.
Empinei o meu rabo na cara dele e começamos um 69 cheio de tesão, saliva, tapas e traquinagens, ele acendeu a pontinha enquanto o chupei e depois passou para mim. Liberdade?
É prazer e o meu prazer vem de ignorar regras, preconceitos e curtir o momento, ser feliz, sou de verdade.
_ Ah que pau gostoso... Ah...
Gozei no serpentilhar da língua.
_Rebola putinha, vai...
Ignorei o baseado e fiz um boquete envenenado, hardcore e vez em outra suave... babado... ele tentou segurar por um tempo o gozo, mas não teve mais jeito.
_ Vem tomar leitinho, gostosa...
Puxou meu cabelo e esporrou na minha cara, fiquei toda lambuzada, coberta de porra e depois rimos. Muito bom adolescer de vez em quando...

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Contato através do Email: historiasdapinuptatuada@live.com 
Twitter: @PinupTatuada
Você também encontra minhas fotos no Sexlog, cadastre-se para visualizar: https://sexlog.com/a/pinuptatuada

sábado, 10 de agosto de 2013

Anal Solo Anal

Depois da segunda foda veio a terceira.
Me deitei de bruços sobre o divã e ele veio sem delicadeza, sem frescura.
_ Vou comer o seu cu....
Empinei um pouco os quadris  e então pude sentir o cacete grosso e grande me invadindo numa só estocada e me fazendo gritar.
_ Quem é seu macho?
_ Você...
Naquele momento era, quando estou com um homem só consigo pensar nele, me dedico, sou putinha, doce, safada e o torno único em meu mundo por algumas horas.
_ Mete...
Nem precisava ter pedido, o macho metia com maestria, desbravador de rabos, socou com tanta intensidade que do nada obrigou-me a substituir os gritos por gemidos sentidos quase que imperceptíveis de tesão e dor, era a pica estuprando meu rabo, dilatando meu cuzinho e se aninhando no fundo dele desesperada. Anal... hardore bruto e delicioso anal que durou uma eternidade.
_ Vou gozar...
Jorrou a porra em si mesmo e o limpei, lambi cada gota de leite derramada em seu corpo, branco e quente solvi com a boca.
Na banheira vodka, cerveja, fuminho do bom e conversinhas intelectuais e fanfarronas. Manhã chuvosa.

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Envie também suas dicas e opiniões para: 
Email:historiasdapinuptatuada@live.com 
Twitter: @PinupTatuada
Você também encontra minhas fotos no Sexlog, cadastre-se para visualizar: https://sexlog.com/a/pinuptatuada

Em breve parceria com novo site de Strip Cam, AGUARDEM!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Sabor Chocolate

Normalmente curto uma produção mais ousada, porém o frio de doer os ossos me obrigou a apelar. Vesti uma legging preta e uma blusa listrada de roxo e branco manga longa, calcei meu scarpin vermelho e me envolvi em meu cachecol de estimação, fui eu mesma que o fiz e por baixo de tudo coloquei uma lingerie branca bem pequena. Ansiedade é mato quando me encontro com alguém pela primeira vez e esse colaborador conseguiu me deixar taradinha, com muita vontade de dar.
_ Que frio...
Entrei em seu carro um pouco tímida e tagarela feito um papagaio solto no meio da feira, então embalamos assunto lá mesmo na rua e ele delicado foi me deixando falar até que resolvi pedir:
_ Então vamos?
Fomos para o meu motel favorito, lá me sinto mais em casa que em casa. Gosto de foder em ambientes bonitos e confortáveis embora tenha meu lado aventureira. Olhei suas mãos na garagem e vi na direita o anel de advogado e na esquerda a aliança de ouro, que tesão aquilo me deu, pisquei a buceta dentro da calcinha e quando começam os espasmos pouco me controlo.
_ Bom, acho que devemos entrar, né?
_ Verdade, se não a gente acaba ficando por aqui...
Brincou, estávamos num clima bom, descontraídos. havíamos até combinado de que ao entrarmos logo encheríamos a banheira para nos aquecermos e fizemos exatamente isso. Antes dele tirar a roupa eu tirei a minha, fiquei de calcinha e sutiã com os pés na água, mexi na torneira aquecida com a bunda empinada e pedi uma cerveja, quando o macho trouxe tocou minha cintura e minhas costas. Entramos na água e brindamos à tarde que estava só começando.
_ E de onde veio a paixão pelo Direito?
Matou minha curiosidade e em meio a esse e outros assuntos comecei a passar os meus pés pelo seu pau e pelos pelos de seu peito, então conversa vai, conversa vem rolaram os primeiros beijos, então mostrei a buceta para ele.
_ Olha o jeito que eu já fico só de olhar.
Pica dura feito ferro e rola de negro tem uma cor bonita, lembra mesmo chocolate e deu vontade de por na boca imediatamente, entretanto preferi provocar um pouco mais, o cavalheiro me disse que gostaria de me "namorar" um pouco quando me conhecesse, então por que não curtir sem desespero?
Rolaram novas brincadeiras, passou os dedos no meu grelo. Acendi um baseadinho sem pedir licença e prossegui com pernas, mãos, pés e braços caminhando pelo seu corpo, lábios no pescoço e em busca de beijos gostosos cheios de vontade. Debruçada sobre o granizo nas bordas da banheira e de pernas abertas livre da calcinha permiti que explorasse o que sem falsa modéstia é almejado por muitos e vi que se deliciou, Jhonny chupou meu o grelo, meteu a língua no cu e na raxa, METEU mesmo com letras garrafais, deixou o meu sexo envolver sua boca tal qual uma concha protege a perola e fez meus buraquinhos piscarem como nos chats que faço na cam.
_ Quero te chupar...
Maravilha, chegou o momento de degustar a rola preta, engoli, mamei a cabeça, desenhei na pele da pica com a boca...
_ Hum que boquete maravilhoso...
Meu oral é coisa fina, sei o que faço porque gosto muito mesmo de fazer. Levei o meu colaborador tesudo ao extase e fui junto com ele, porque me dá muito tesão dar prazer...
CONTINUA

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Envie também suas dicas e opiniões para: 
Email:historiasdapinuptatuada@live.com e saiba também como colaborar e se tornar um patrocinador desse blog. Logo logo os colaboradores contarão com a Área Vip, informe-se.
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito e em breve parceria com novo site de Strip Cam, AGUARDEM!

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Comendo e sendo comida

Me lembro de na infância ter inocentemente brincado de fazer sexo com uma coleguinha,  eu ficava atrás dela e colocávamos uma espécie de tule para separar nossos corpos e então eu estocava o
meu pinto imaginário em sua bunda. Crianças são instintivas, mas crescemos e hoje em dia eu pouco brinco com garotas, porém tenho garotos que curtem explorar esse minha versatilidade, era assim com meu ex-noivo quando se deitava para ser encoxado por mim e com meu Realizador que me despertou de fato para essa realidade, também gosto de ser ativa, curto dominar quem gosta de ser dominado, de ver de vez em quando um macho se abrindo.
Dia desses conversando com um patrocinador lhe falei sobre algo que tinha vontade.
_ Quero te comer com uma cinta pênis, quero que rebole a bunda a cada estocada...
Não me levo a serio, entretanto me levam.
_ Humm que tesão, já fiquei de pau duro.
Parece que acertei o alvo e a conversa correu naturalmente, então nos dias que se seguiram Leonardo me enviou sua colaboração financeira generosa e usei parte dela para comprar o meu membro e algumas outras coisas. Ficamos loucos imaginando mil posições para que eu pudesse fode-lo alucinadamente, na banheira, na cama de frango assado, de quatro feito uma putinha empinado, me pediu puxões de cabelo e palavras fortes ao pé do ouvido e eu avisei:
_ Quero que cavalgue.
Adoro entrega, soma de loucuras, casadinhos safados... são putos de mais!
Hoje as quatorze horas em ponto o Léo veio ao meu encontro. Ah os homens... já foi subindo a escada no motel comigo a sua frente provocativa, mordeu e beijo minha bunda pouco antes da porta e então ao entrar desabotoei o sobretudo e deixei os peitos para fora do espartilho, me exibi para ele de cinta-liga.
_ Maravilhosa...
Preparei com esmero o meu figurino, sou atenciosa com meus mecenas, merecem o melhor, faltava apenas colocar o dildo¹.
_ Com licença, vou ao banheiro.
Chegou a hora...
CONTINUA

¹ Dildo - Cinta composta por objeto que imita pênis.

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Envie também suas dicas e opiniões para: 
Email:historiasdapinuptatuada@live.com e saiba também como colaborar e se tornar um patrocinador desse blog. Logo logo os colaboradores contarão com a Área Vip, informe-se.
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito e em breve parceria com novo site de Strip Cam, AGUARDEM!


segunda-feira, 22 de julho de 2013

Dica da Pin-up - Como tocar o parceiroª sem errar

As vezes eu penso que a masturbação foi mesmo criada para ser auto aplicada, mas é tão gostoso quando alguém acerta o jeitinho e faz tudo de bom... Quem nunca teve a bucetinha arranhada por uma unha alheia escrota, ou a piroca movimentada descordenadamente por uma mãozinha delicada desajeitada comemore porque isso é raro. Eu gosto de compartilhar, de tocar e ser tocada, mas não de me machucar, ou brincar de mão mole pendurada num pau. Então aí vão duas dicas, uma para
os meninos e a outra para as meninas para que não façam feio na hora H. Toquem sim ,toquem, mas toquem com cuidado e atenção. Vamos lá.
Meninos: A entrada para o paraíso é delicada, evitem estar com unhas cumpridas no encontro, se até o lendário Zé do Caixão cortou as dele o que custa você cortar as suas? Nós mulheres temos nossa saída para o xixi bem ao lado, então imaginem a dor e o desconforto causados por um arranhão em tais imediações, ou até mesmo por uma invasão desesperada, alguns garotos na empolgação tentam enfiar o dedo a qualquer custo errando até o buraco, atenção... vocês já devem ter assistido a comédia American Pie, no filme Jim apalpa uma torta e a penetra com os dedinhos como se fosse a bucetinha de uma mulher e é exatamente daquela forma cuidadosa e ao mesmo tempo intensa como a de quem explora a umidade da carne que deve ser tocado o sexo de uma femea, lembrando que o nosso assim como o de vocês possui volumes externos, apreciem os lábios e o grelo, uma bela massagem em toda a dimensão da xana e uma
apalpada forte pode ser bem estimulante, fica aí minha sugestão.
Meninas: Sabe o barro ao ser modelado? Você toca com todo cuidado, tem medo de apertar, de desfazer a escultura, então... caralho não é isso, segurem sem muita delicadeza, peguem com vontade tomando cuidado com as unhas é claro, mas não trate o pau feito uma bonequinha de porcelana, tenham pulso porra! Mas sem exageros, nada de sufocar o coitado como uma corda de alpinista, apenas tenham firmeza nas mãos e ao manusear alterne entre o médio movimento e o intenso, nunca muito parado, porque a maioria dos machos se toca assim entre o quase rápido e o rápido principalmente quando querem gozar, então acelerem quando estiverem prontos para o esporro e mantenham o compasso deslizando as vezes para a cabeça do membro e se concentrando nela e noutras para base da rola e massageiem entre o cuzinho dele e o saco, pressionem com o polegar isso o fará pirar de tesão e um dos principais fatores é: Mantenham a pica lubrificada, nem todos os cacetes babam então talvez vocês tenham que dar uma cuspidinha, ou lambidinha na delicia do gato, as mais modernétis usam lubrificantes, mas... eu sempre opto pelos métodos naturais, me deixam muito mais excitada.
Espero que aproveitem as dicas e divirtam-se, porque uma sessãozinha de masturbação compartilhada no carro a caminho do motel ou da foda seja lá onde ela for é capaz de deixar os corpinhos em ponto de bala. Amo preliminares, quem sabe um dia não vivamos as nossas?

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Envie também suas dicas e opiniões para: 
Email:historiasdapinuptatuada@live.com e saiba também como colaborar e se tornar um patrocinador desse blog. Logo logo os colaboradores contarão com a Área Vip, informe-se.
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito e em breve parceria com novo site de Strip Cam, AGUARDE!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Entre nós.

_Adoro ser sua...
Derramei minha verdade misturada a sinfonia das águas em seus ouvidos enquanto superávamos o frio da cachoeira abraçados. Não sinto vergonha de dizer que se meu tempo tivesse parado naquele ato partiria em paz e realizada, com meu Realizador tudo é tão perfeito e pleno... desejos físicos intensos somados ao que é só nosso é o que nos faz quem somos. Tenho meus amigos, meus amantes, uma recente tentativa de romance frustrada e ele, meu porto seguro. Até a mais libertina das mulheres ama e precisa as vezes baixar âncora.
Quando soube que nos veríamos escolhi minha lingerie mais bonita, com pedras de strass e tudo,vermelha como a cor do pecado e do sangue que tanto amo olhar quando jorra, que me gela a alma e... ele não me levou ao motel, fomos para o meu cantinho, onde me transporto em meu sonhos, surpresas... adoro quando faz isso e sim sou carnal, muito carnal, mas me faz feliz alem dessa carne desejada e asfixiada pelo tesão.
Minha cachoeira...  há quanto tempo não andava por aquelas trilhas?
Seus olhos desceram sobre meu corpo como borboletas malenques, apalpou minha xana e  me apertei contra seu peito, cheirei os seus pelos.
_ Para levar  seu cheiro comigo...
_ Gosta dele né?
_ Amo.
Cheiro de macho. Acariciei sua barba.
_ Posso te comer um pouco?
É meu par, independente do tempo que passemos longe ele pode tudo, temos lá nossos planos de fazermos ménage¹ com pessoas interessantes, nos exibirmos e assistirmos outro casal, dogging² em minhas idas à São Paulo, mas acima de tudo ainda nos queremos de mais, ele me apoia, compreende e dá liberdade para que eu seja a mulher que sou hoje, artista, louca, ousada, boa filha, fêmea e amiga das pessoas que amo,sou a dona de minhas vontades,  Humana errante e seu Diamante eternamente, não importa o que aconteça, o que vêem é resultado de sua aceitação, respeito e cumplicidade, resultado de seu incentivo e de certo modo de suas ideias.  Empurrou minha calcinha para o lado e enfiou um pouco seu pau, estava forte a correnteza e quase  nos derrubou nas primeiras estocadas.
_ Fica meio debruçada
Frio... fui me abaixando sobre uma pedra, me colocando de quatro e então ele veio e me tomou, me pegou para si e sem perceber me lancei sobre a água e o deixei me levar junto com  seu desejo.
_ Gostoso...
_ Ah...
Gemi, gritei, no leve vai e vem de nossos corpos. Fazia meses que não nos víamos.
_ Quase morri de tanta saudade desse pau...
Me comeu profundo, ronronou feito um gato, não importava que fossemos vistos, era  misto de sensações animais e emocionais, um misto de celebrações.
_ Vou gozar.
Tirou a pica e me ajoelhei bem pertinho do cacete até provar o doce sabor do seu vinho e me embriagar como uma bacante em seu ritual de iniciação.
Ao terminar meu Realizador mexeu em meu cabelos emaranhando os dedos em seus caracóis e limpou dos meus lábios o que escorreu de prazer e satisfação.
No céu... passarinhos, entre as arvores teias e fotos de exibicionismo na trilha.
Viver é felicidade.

*¹ Ménage: Prática sexual entre três pessoas.
*² Dogging:  Cometer ou assistir ato sexual em local público

Gostou desse texto? Então não deixe de enviar seu comentário!
Envie também suas dicas e opiniões para: 
Email:historiasdapinuptatuada@live.com e saiba também como colaborar e se tornar um patrocinador desse blog. Logo logo os colaboradores contarão com a Área Vip, informe-se.
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito e em breve parceria com novo site de Strip Cam, AGUARDE!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Curiosidade - Messalina uma mulher contemporânea

Na corte do Imperador Calígula conviveu Valeria Messalina uma
Imperatriz decidida a viver seus mais sórdidos desejos e fantasias sexuais.
Nascida 24 anos d.c casou-se ainda muito jovem com o Imperador Tibérios Cláudio César 35 anos mais velho e pouco se sabe de sua vida pregressa, porém com o aval do mesmo após a união desfilava pela corte sem qualquer pudor a expor seu time de amantes, era permitido, pois quem desafiaria a Imperatriz?
Sua beleza e seus modos pouco prováveis para uma esposa, ou digamos pouco assumidos ao contrário do que se possa imaginar dominavam os sentidos do esposo deixando-o em estado de letargia diante de sua promiscuidade e assim não demorou muito para que Messalina passasse a promover orgias transformando inclusive um dos quartos do Palácio Imperial em bordel e cobrando taxas aos visitantes tal qual qualquer meretriz, uma verdadeira afronta à sociedade Romana acostumada a Imperatrizes que viviam a sombra de seus maridos.
Certa vez, Valeria provavelmente entediada já que à ela nada era proibido decidiu competir com uma prostituta num torneio de coitos e passou a noite toda trepando até alcançar a marca de de vinte e cinco homens e assim vencer a competição. Messalina...
Ardilosa politicamente, bem articulada e a frente de seu tempo como qualquer outra mulher não se deteve diante de uma verdadeira paixão e esse foi o começo de seu fim . Apaixonada por um dos amantes a Imperatriz decide se casar com ele e juntos assassinarem o velho Tibérios. Ao ser descoberta a trama dizem que foi ordenada a dar ela mesma cabo da própria vida lançando-se sobre a lamina afiada de uma espada, porém a Mulher Loba seria incapaz de interromper sua história tão cheia de fogo e por isso foi decapitada. O Imperador ao saber pediu uma taça de vinho e se  embriagou na ocasião.
Expostas, assumidas, seguras de suas perversões, Imperatrizes da libertinagem, sejais as mulheres de hoje, messalinas cada uma a seu modo e donas de suas vontades como a personagem em questão. Somos Senhoras de nossos palácios e de nossas paixões.

Email:historiasdapinuptatuada@live.com
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito. Informe-se.

domingo, 30 de junho de 2013

Reflexão de aniversário


1º de Julho,  meu aniversário e talvez... esse blog seja tudo que tenha realmente de meu alem da literatura que estou construindo e do apoio de alguns amigos e fãs de compreensão elevada, os raros que compreendem que não vivo só de porra. Sou escritora e mulher, não prostituta embora respeite a profissão,mas eu sou apenas meu tema e
inspiração de quem lê minhas linhas.
Em busca de uma vida que valha a pena relatar eu me exponho e o problema de se tornar um livro aberto desses que estampam a capa com o rosto é deixar covardemente de ser lida pelos hipócritas, retirada de estantes como um produto vencido e posta à margem ao mesmo tempo que é admirada por centenas de anônimos incomunicáveis, que não dizem o que pensam, mas também... que diferença isso faz?
Não gosto do silêncio do outro lado da tela, mas criticas aprendi a ignorá-las, elas não me alimentam, nem me melam a calcinha, ou me fazem cantar.Continuaria vivendo a mercê do meu vicio,gosto das palavras e de sexo, sou dada à paixões das quais não abro mão e que juntas... me levam ao ápice. Esse tesão extrafísico literário, é o responsável por meu presente e futuro, culpado por meu passado. Afinal, o que é o prazer se não realização?
Estou rompendo barreiras.
Ninguém vai ditar limites para minhas fantasias, aceitei que escrever é a maior delas e que nada poderá se opor ao meu legitimo direito de viver isso: 
Existir, tocar, observar, derreter e escrever, escrever e escrever até alcançar o orgasmo final.
As picas que eu chupo, os caralhos que me penetram não são apenas membros, pois pertencem a homens que transformo em personagens do mundo real, essa é a minha  grande tara. Menage a tróis, gangbang, exibicionismo, fodas mais viscerais... o que importa é a história, o resto é pano de fundo. Pense o que quiser.
Vivo porque escrevo.
Mais um ano se passou em minha história.

Informações sobre como colaborar entre outras através do Email: historiasdapinuptatuada@live.com
Siga no Twitter: @PinupTatuada

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Putaria X Gentileza - Será que rola?

_ Oi cachorra vagabunda, está fazendo o que aí vadia? Quando sair comigo não vai ganhar jantar, vou te alimentar com porra...
Foi assim que um roludo bonitão desses de tirar o folego e dizer "Uau" me cumprimentou no skype e perdeu toda e qualquer chance de um encontro comigo e me fez perceber que está rolando um puta de um equivoco a respeito da liberdade sexual feminina. 
Creio que os moços estejam generalizando, cada mulher é unica ainda que só para uma socada de vara e brincadeira tem hora, a puta, a cadela, a vadia em grande parte de nós aparece quando estimulada, não faz hora extra e esse tipo de abordagem pode funcionar com algumas, mas porra... procurem não perder a noção.
O fato de sermos conscientes de nossos direitos como fêmeas e de nos regalarmos com a não necessidade de amor e sentimentalismo em nossas fodas não nos torna menos humanas e tão pouco seria capaz de nos roubar a essência. No fundo... todas nós somos damas com almas de diamante, não carregamos a fragilidade das outras, mas sim... gostamos de ser elogiadas, surpreendidas, ganhar presentes, carinho, cumplicidade ainda que por algumas horas e então sermos vagabundas, cachorrinhas, putinhas, biscatonas... queremos os tapas, porém que venham também os beijos com sabor de porra e de vinho. A messalina deve ser despertada, fica a dica da professora Pin-up e
leitor meu está proibido de errar, se não eu jogo uma praga de fazer o cacete cair e ainda digo:
_ Não peque mais, vá em paz josé bolha.
E essa foi a nossa lição.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Domingo Preguiçoso


Depois de uma noite de bebedeira e sexo anal intenso, do boquete matutino e do café da manhã na cama veio um domingo manhoso cheio de preguiça regado a vinho e pensamentos verdinhos que o deixaram lesado após os primeiros tragos e começamos a nos tocar.
_ Olha como já estou molhada...
_ Hum...
_ Espere!
Peguei em minha bolsa dois brinquedinhos para apimentarmos nossa foda que já é quente, mas... existem certas coisas que nunca são de mais e essa é uma delas, o fogo no sexo, quanto mais, melhor.
_ Bolinhas...
Comecei a enfiá-las, primeiro uma, depois duas de uma só vez, fui colocando e ele me olhado até que com todas na xana comecei a puxar a cordinha e segurá-las com a musculatura do meu bucetão.
_ Puxa...
Deixei ele brincar e soltei uma esfera numa piscada de xota daquelas bem tesudas e coloquei-a para dentro outra vez.
_Ah gostosa...
Começou a me lamber, chupou o grelo duro, puxou os lábios com os lábios da boca, ai que gostoso... gozei a primeira vez e dei o brinquedo para ele sugar, bola por bola, estava extasiado... continuei com o show, adoro provocar.
_ Agora esse...
Adoro meu consolo de 25cm , é imponente o bichinho roxo, é bonito de se usar e expor o ato, porque ele arromba. Sentada de frente para ele, olhos nos olhos, abri bem as pernas e comecei a meter vendo-o se punhetar, o caralho... que estava em ponto de bala, também gosto de olhar.
_ Tesudo!
Gemi, rebolei, movimentei a pica inanimada com agilidade, e o masturbei com meus pezinhos.
_ Vem... enfia você ele em mim.
Delicia... adorei sua cara de tarado ao ver minha buceta se abrindo feito uma rosa, socou o Sr. Roxo até me fazer ter outro orgasmo, socou forte e fundo e só então o substituiu pelo seu pinto feito de carne e músculo, veias e porra farta.
_ Puta...
 O envolvi com minhas coxas até me ver montada sobre seu corpo rebolando e cavalgando feito uma amazona.
_  E precisa de outra puta? 
_ Não, só de você...
Gosto de morder seu caralho com a xota, de massageá-lo.
_ Senti a minha buceta gozando...
Estou certa que sentiu e então o soltei e escorreguei a boca até o seu pau e mamei do jeito que eu gosto com chupadinhas no cuzinho...
_ Humm... fica de quatro.
Fiquei, ele ama me comer desse modo, faz feito um animal instintivo, vai me devorando e me sentindo e sentindo...
_ Vou gozar!
Me deu seu leite  e eu bebi tudo, não deixei ficar nada, é meu jeito de carregar um pouco desses instantes comigo.
Almoçamos ...

Email: historiasdapinuptatuada@live.com
twitter:PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com/pinuptatuada
Resultado do sorteio para os seguidores: http://historiasdapinuptatuada.blogspot.com.br/p/informacoes-sobre-o-sorteio.html

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Gostar de sexo e viver do sexo - Linha tênue

Amo, simplesmente amo, uma boa foda com um cara legal, liberal e dedicado, adoro trepar por horas a fio, adoro a rapidinha louca para matar o tesão, me entrego ao encarar uma rola molhada por minha causa, me jogo e caio de boca, de xota e de rabo, porém é preciso desejo, a famosa química clichê é de fato indispensável e é ela justamente a fronteira que separa o fazer por prazer e o fazer por profissão, porque as profissionais que me desculpem, mas hoje mais do que nunca

como mulher e como fêmea tenho absoluta certeza que é impossível sentir isso sempre com qualquer pessoa e quem disser que estou errada chamo de fraude, porque esse prazer gostoso, assim... intimista não se vende, abre-se mão e eu... sou egoísta, isso não é para minha vida, eu preciso de paixão e não me refiro ao sentimentalismo, não estou romantizando, apenas falando do fogo, me refiro ao querer absoluto, massa fresca e não macarrão instantâneo. Eu  nasci para o melhor.
Certa vez uma pessoa que conheci no ano passado me disse:
_ O que você estaria fazendo se não fosse a "Pin-up"? De repente você não nasceu para viver disso...
E no dia eu fiquei muito brava, mas hoje vejo que sim ele estava certo, eu não nasci para viver disso e sim ISSO, nasci para viver minhas histórias putas e cheias de sacanagem e verdade, no entanto também... cravejadas de lirismo, LSD 70's old se fosse uma substância, ou talvez fumaça verde saindo da boca de vovó depois de puxar uma hidropônica.
Estou voltando... a fazer arte, criar coisas, pintar mandalas. 
Obrigada  meu Passado por puxar minha orelha e obrigada Presente meu por sonhar os meus sonhos
Quem eu seria se não fosse a Pin-up? 
Bem... creio que a pergunta certa seja:
Quem eu sou quando não sou APENAS a Pin-up?
E eu sou eu mesma, porque ela é parte de mim, mas...  eu sou mais eu, agora já sei a resposta.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Final de Semana em Guarulhos

Meu final de semana foi muito gostoso e decidi compartilhá-lo com vocês.
Quem quiser saber informações sobre o sorteio do chat visitar à cima o Mural da Pinzinha, mas não  deixem de conferir esse relato, está muito tesudo.
Beijinhos e boa leitura!

Primeiro... ele cuidou de mim, tantas biritas no bar somadas a minha ansiedade mais a fumaça doce daquele narguile me deixaram mal, vi o mundo girar a partir do meu estomago e a cidade de Guarulhos rodar, mas... o nosso encontro estava apenas começando. 
_ Ai que droga!
Reclamei do meu estado alterado e acho que ele não me escutou. Estava sóbria, porém fisicamente ferrada 
Em sua casa onde péssima eu tomei um bom banho pude vê-lo ser homem alem de macho quando atencioso ele me levou para sua cama e me cobriu com um cobertor deixando-me aquecida e fez um chá com todo carinho para mim. 
Ah... eu adormeci feito um canário belga em noite de chuva e acordei sentindo os pelos de sua barba raspando meu corpo. Adoro receber beijos nas costas, me causam arrepios, acendem a alma e despertam meus sentidos mais vadios. Comecei a me contorcer.
_ Ai que gostoso...
Abri meus olhos e me deparei com o bonito entre minhas coxas lambendo a minha buceta. Definitivamente decidiu me acordar e então ainda um pouco tonta eu pedi:
_ Quero te chupar...
E chupei, no começo meio desajeitada eu acho, mas a rola foi me revigorando, me animando... aí abocanhei o caralho quente guloso e cheio de vida.
_ Fica ali...
Chegou a hora dele me comer, logo que saímos do bar passamos numa farmácia onde ele comprou um quilo de preservativos e um epoclerzinho para mim. Engraçadas... as camisinhas coloridas. Enfiou bem gostoso.
_Ahh... delicia...
Me entreguei, rebolei, fui... e voltei de encontro ao corpo seu de quatro, depois de frente e também de lado, gritei tanto que os vizinhos até reclamaram, sou escandalosa... e ele tapou minha boca até me ver gozar com a pica tesuda cravada dentro da xana entre gemidos abafados e palavras cheias de vontade.
_ Come... come... to gozando nesse pau...
Pulsava... feito centenas de corações a boca carnuda do meu sexo quente, tesudo e volumoso. Pedi porra.
_ Dá...
Grosso, farto, o leite bateu na minha língua, escorreu pela garganta e me fez engasgar e ainda jorrou sobre os meus seios que ficaram branquinhos e demos o beijo da partilha.
_ Gostoso...
Enfim o mal estar foi superado.
Depois disso a fome bateu e esse Homem com H maiúsculo foi para cozinha fazer pizza para gente e então nós comemos e dormimos... até acordarmos novamente cheios de fogo. Momento da foda matutina e do café na cama, adoro pão com mortadela... 
O sábado estava apenas começando...


Email:historiasdapinuptatuada@live.com
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito. Informe-se.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

ATENÇÃO PARTICIPANTES DO SORTEIO:

Muitos meninos fizeram contato pedindo para participar da brincadeira divulgada semana passada aqui no blog, mas a maioria não seguiu corretamente as regras do jogo por isso resolvi prorrogar o sorteio para o dia 07/06 Sexta Feira.
O premio dessa semana é o chat  http://pinuptatuada.loja2.com.br/1901996-Chat-Erotico-Seducao-20-min-Sem-audio  
À baixo segue a lista dos bonitos que já tiveram sua inscrição confirmada.
Negro Charme Cps - 
Jhony_e4 - 
MAN NATURALISTA - 
Alan Vieira - 
David  House - 
fernando -  
vitor silva -
vincent Malloy - 
fefe querendovc - 
paulistano do abc -  
XxXxX - 
Músico 
pomba
Sr.N secreto
Pretto Xatto
£OB@O
Se você  não está entre eles, mas já se tornou um seguidor membro inscrito do blog para fazer parte do meu quadro de delicias e participar dessa brincadeira  me avise através do historiasdapinuptatuada@live.com informando seu nick de participante e também através de seu comentário aqui, assim não teremos erro.
E se quer participar, porém ainda não está cadastrado, desça a barra de rolagem do blog observando a direita e encontrará o quadro de seguidores onde constará a informação "PARTICIPAR DESSE SITE". Cadastre-se e me envie seu email com o nick para confirmação.
Lembrando que a ideia é promover sempre jogos e outras brincadeiras entre os seguidores do blog, ou seja:
Estou só começando.
O vídeo com o resultado será publicado no dia 09/06 então corra, vamos brincar E APROVEITE O CONTEÚDO DO BLOG COM CONTOS, PODCASTS E MUITO MAIS! 
Beijinhos beijinhos... e boa sorte!

Email:historiasdapinuptatuada@live.com
Twitter: @PinupTatuada
Sexlog: https://www.sexlog.com.br/pinuptatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito. Informe-se.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Sorteio para os seguidores do blog

Que eu faço chat erótico não é segredo para ninguém e como estou
com muito tesão decidi brincar e realizar um sorteio entre seguidores do blog e comentadores do meu sexlog que tiverem interesse em me ver peladinha na Webcam.
Legal, não acha?
Por isso, se você tem interesse em participar da brincadeira e me conhecer um pouco melhor se ligue nas regras do jogo.
1º Você deve ser um membro inscrito no blog (se você ainda não é siga a seta ao lado até o quadro de membros e torne-se um agora)
2º  Me informar que quer participar da brincadeira através do email historiasdapinuptatuada@live.com
A data do sorteio deverá ser informada aos participantes.
Beijinhos tesudos, inscrevam-se e boa sorte!

Email:historiasdapinuptatuada@live.com
Twitter: @PinupTatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito. Informe-se.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

O começo de tudo - Ao som dos primeiros tapas


Aos 14 anos entendi minha essência, embora ainda fosse uma menina, decidi viver experiências dignas de uma mulher de verdade e por isso... eu o esperava chegar do trabalho usando apenas minhas botas de vinil e um shortinho minusculo cor de rosa sob o foco da luz vermelha de nosso quarto. Os olhos verdes tão perversos esperavam por aquilo e sorriram quando me abri para perversão. O sexo deve ser sujo, imoral e eficiente, não adianta trepar e não sentir prazer no ato.
_ Quero que você me xingue e bata na minha cara... me chama de puta, de vagabunda, de cachorra.
Pedi montada sobre seu corpo com as mãos agarradas a cabeceira de nossa cama. Dês de muito cedo me viciei em Nelson Rodrigues e nos filmes nacionais que narravam suas obras, então inspirada em a Dama do Lotação deliciosamente interpretada por Sonia Braga eu comecei a sentir as contrações prazerosas de minha buceta ao toque tímido do primeiro tapa.
_ Isso... mais forte, bate com vontade...
Divino... o estalar das bofetadas. Xan acrescentou a foda suas próprias alegorias e puxou meus cabelos me forçando a empinar o peito para ele deixando assim os seios a sua disposição.
_ Minha namorada é uma vagabunda...
E da-lhe chupadas fortes e mordidas nos mamilos. 
_ Ai que gostoso, eu quero ser sua putinha, bate mais meu amor, bate mais!
Mesmo batendo não ficou no comando, quem liderou as ações fui eu que apanhei... ah eu apanhei justamente como eu queria, como eu sonhava. Feito uma vádia rebolei naquela pica  subindo e descendo incessantemente, sobre o meu primeiro macho gozei ao sentir as bochechas queimarem e latejarem no compasso do som de seus tapas e de suas palavras.
_ Putinha, vou querer comer seu cu assim te batendo, cadela, cachorrinha...
_ To gozando...
Puxou mais uma vez meus cabelos só que dessa vez bem mais forte e esporrou feito um louco, delicia... nós derretemos juntos o que nem sempre acontece, mas nos dávamos bem, na cama eramos dois animais.
A partir daquele dia eu não soube mais foder comportadamente feito uma "humana civilizada".
Viva a sacanagem... viva a selvageria consentida...viva suas vontades e a sua verdade, porque é só o que importa no final.


Gostou desse espaço? Então colabore! Contribua com o valor que desejar, seu apoio é muito importante para que eu continue abastecendo a sua libido com minhas fotos e histórias. Saiba como através do email historiasdapinuptatuada@live.com
Twitter: @PinupTatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/ Descontos especiais nos pagamentos realizados via depósito. Informe-se.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Brincando de ser puta - O Primeiro Cliente Parte 2



O grelo... vezes estufado, vezes retraído, pulsante acompanhava as batidas do meu coração.
Não pedi que me esperasse em hotel e muito menos que me enviasse um táxi, PL é meu fã e porra... fã é fã e ele foi escolhido, então mesmo no contexto atual não perdi minha essência, o recebi cheirosa, com um vestido branco colado cheio de estampas de onça marcando bem as curvas de meu corpo e a calcinha e logo que entrei no carro ele avançou sobre mim e nos beijamos e que beijo sensacional.
_ Para onde nós vamos Pin-up?
_ Para o paraíso?
Risos...
_ Com você... até o inferno, afinal você não é um demônio succubus Lilith?
Falamos há alguns dias sobre civilizações antigas e minhas crenças pagãs, observador  não se esqueceu do assunto.
_ Sou um Lilith tupiniquim.... mas e então antes de sairmos será que você já pode...
_ Claro!
Pagamento antes, prazer depois, se for para jogar o jogo o melhor é jogar direitinho seguir a cartilha em certos aspectos para coisa não degregolar.
_ Maravilhosa... 
_ Agora podemos ir, já estou molhando o banco do carro...
_ Você me guia.
Peguei sua mão e coloquei entre minhas pernas.
_ Guiarei...
Ligou o carro e nós saímos, porém o seu toque na minha buceta continuou, por baixo da calcinha branca fui sentindo alguns leves beliscões, eram seus dedos puxando os lábios inferiores da minha xota que são sobressalentes e elásticos. Que tesão... que loucura mais gostosa.
Em meu motel favorito, fomos parar em uma suíte com temática oriental, antes de entrarmos na suíte pegação na garagem e foi aí em torno das 3 da manhã que começou nossa foda, perto da escada ele foi se aproximando.
_ Você quer um beijinho?
_ Também, mas antes quero te sentir...
Tocou meus cabelos, esfregou os pelos da barba em meu rosto, na nuca, nos ombros...
_ Quero sentir sua pele, seu cabelo, seu cheiro... eu quero levar ele embora comigo...
Me sentei em um dos degraus e chamei com voz mansinha.
_ Vem.
Abri as pernas convidativa e empurrei a calcinha para o lado.
_ Quer sentir o meu cheiro, então sinta completo, também tenho vontade de muita coisa e quero sua barba passando bem aqui.
Delicia... fez exatamente o que pedi, esfregou a cara na minha xana como se desejasse partir mais tarde impregnado dos fluídos dela, começou a beijar o grelo e os lábios com força, mas sem brutalidade, era como se... aquele fosse um beijo francês de tão doce e quente ao mesmo tempo, ele sugou e abocanhou toda a buceta como uma fruta suculenta e madura antes de introduzir a língua na fresta, antes de enfiar o dedo. 
_ Vamos para cama...
Me levantei e corri para o andar superior, atrás de mim, PL já foi arrancando a sua calça e tirando o pau para fora.
_ Delicia de rola...
_ É? Você quer?
_ Quero...
_ Então pede sua puta, mas pede direitinho...
_ Eu quero sua rola, quero seu caralho em todos meus buraquinhos, o seu...



Twitter: @PinupTatuada
Venda de passes para meus Chats Eróticos: http://pinuptatuada.loja2.com.br/
Email: historiasdapinuptatuada@live.com